Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Alimentação saudável’ Category

IMG_20170507_135024958_HDR

Sabe quando você está naquele dia que bate uma preguiça, e não está á fim de ter nenhum compromisso.
Até que é bom de vez em quando acontecer isso, principalmente se for no domingo ou feriado não.
Eu tenho me presenteado com um pouco de descanso e estou achando uma delícia.
Abri a geladeira e freezer e pensei o que vou preparar de almoço? Não estava com vontade de preparar muita coisa. Então fui tirando o que achei que ficaria bom para preparar uma bela sopa.
Gostei do resultado, ficou muito saborosa e muito perfumada.

2 filés de frango temperados sem peles e sem gordura
Talos de salsão á gosto
1 porção de feijão branco pronto congelado
2 batatas doce grandes
1 cenoura grande
1 xícara (chá) de cogumelo
1 colher (chá) de tempero pronto de alho e sal
1 colher (sopa) de tempero desidratado de cebola, alho e salsa
Água o suficiente para colocar na panela de pressão
2 colheres (sopa) rasa de fubá
4 colheres (sopa) de água
1 fio de azeite

Numa vasilha pequena coloque o fubá e aos poucos vá misturando com as 4 colheres de sopa de água, misture e deixe hidratar até a sopa ficar cozida. Coloque na panela de pressão os filés, o tempero de alho e sal, os talos de salsão, a porção de feijão, as batatas doce descascadas e cortadas em rodelas grandes. A cenoura raspada, lavada e cortada em rodelas grandes.

Junte o tempero desidratado, a água, os cogumelos coloquei congelado, mas pode ser qualquer um.

Tampe a panela leve ao fogo alto até chiar, abaixe o fogo e deixe cozinhar por 30 minutos.
Após o resfriamento da panela destampe, e num prato amasse com um garfo as batatas e a cenoura, coloque de volta na panela e misture bem.
Desfie os filés com ajuda de um  garfo e faca, coloque-os na panela.
Leve a panela ao fogo baixo e despeje o fubá hidratado misturando sempre até que borbulhe.
Em cada porção coloque um fio de azeite. Sirva a sopa com torradas.
Rende 5 porções.
Pode ser congelada dividida em porções.

Read Full Post »

batata-doce

 

Batata doce é rica em ômega 3, ácidos graxos, magnésio, fósforo, potássio, sódio, zinco e vitaminas como A, B, C, K. Considerada uma excelente fonte de compostos naturais trazendo muitos benefícios à saúde contém betacaroteno e antocianina, é um ótimo antioxidante combatendo os radicais livres.
Seu sabor adocicado é o alimento preferido dos atletas e físicultoristas, junto com outros alimentos. Bem versátil, é também usado em sopas, saladas, purês, fritas, assadas e até em doces.

2 batatas doces tamanho médio
1 colher (chá) de tempero pronto de alho e sal
1 colher (chá) de óleo de canola
2 colheres (sopa) de água filtrada
Alecrim para polvilhar
Azeite para finalizar

Lave bem as batatas doce e coloque-as na panela de pressão com água, tampe e cozinhe por 13 minutos.
Retire da panela fazendo o resfriamento com muito cuidado.
Descasque e corte em tiras.
Numa vasilha junte o tempero, óleo e a água, misture muito bem  e acrescente as batatas misturando muito bem no tempero.
Unte uma assadeira com um fio de óleo e disponha as batatas e jogue os temperos da vasilha por todas as batatas.
Polvilhe com uma pitada de alecrim. Leve ao forno até que dourem primeiro na temperatura alta, depois de 10 minutos deixe na temperatura baixa até que dourem um pouco mais.
Sirva aquecidas e finalize com um fio de azeite. Acompanhe com uma carne, frango ou peixe. Sirva junto com tomate cereja uma salada. Não congele.
Rende 3 porções.

Read Full Post »

O meu blog também destina-se a pessoas que ainda não sabem cozinhar ou não conhecem algumas verduras ou legumes, e muitos outros ingredientes.
É a mais pura verdade, todos os dias aprendemos algo novo, sim é muito gratificante aprender todos os dias, isso é vida, eu também aprendo sempre algo que não sabia.
Por isso estou dando essa receita que para mim vem de longa data, mas muitas pessoas não conhecem.
Eu acho muito gostosa e com um sabor bem peculiar. Faça e comprove que vale a pena.
Fácil e super rápida de preparar.

salada

1 erva-doce
2 colheres (sopa) de uvas-passas escuras
Salsa e cebolinha a gosto picadas
3 colheres (sopa) de vinagre branco
1 colher (sobremesa) de azeite extra virgem
1 colher (chá) rasa de sal
1 colher (sobremesa) de maionese light
1 colher (café) de orégano para polvilhar

Lave muito bem a erva-doce, e corte em fatias bem finas. Lave as muito bem dentro de um escorredor. Coloque as numa vasilha com água filtrada e 3 colheres de sopa de vinagre branco deixe de molho por 20 minutos.
Escorra toda a água e coloque as numa vasilha, vá colocando os ingredientes um a um, para que a salada fique bem temperada.
Transfira para um pote tampado e leve a geladeira.
Sirva bem gelada com qualquer tipo de alimento.
Se sobrar guarde num pote tampado na geladeira. Não congele.
Dependendo do tamanho da erva doce rende 3 porções.

 

 

 

Read Full Post »

batata

 

Você vai adorar essa batata rústica pelo sabor e pela facilidade de preparo.
Aqui em casa adoramos e complementamos com filé grelhado e uma salada, foi um almoço delicioso.
Comprei uma bandeja de batatas pequenas que foram cortadas em quatro rendeu bem.
Mas é importante não exagerar no alecrim para conservar o sabor como um todo.
Na minha opinião temperos são muito bons, mas se exagerar você só sente o sabor de temperos e com isso o sabor do alimento fica comprometido.
Uso tempero pronto de alho e sal, justamente por causa do alho socado ou frito que vai no alimento, e acaba prejudicando o sabor do mesmo. Com o tempero já pronto é outra história, bem melhor.

1 kilo de batatas pequenas
1 colher (chá) de tempero pronto de alho e sal
1 colher (chá) de óleo de canola
1 colher (sopa) de água filtrada
Alecrim seco para polvilhar
Azeite para regar

Lave muito bem as batatas com a casca com uma esponja limpa, ou nova e detergente e bastante água no enxague.
Seque bem todas as batatas, com a casca corte em quatro cada uma delas e reserve.
Numa vasilha junte o alho e sal, óleo e a água filtrada.
Misture tudo muito bem e vá juntando as batatas nesse tempero envolvendo-as muito bem para que fiquem bem temperadas.
Leve-as a geladeira tampada por 15 minutos.
Unte uma assadeira com um fio de óleo e arrume as batatas salpicando com um pouco de alecrim sem exagerar, veja na foto e procure fazer igual.
Coloque um fio de azeite por igual sem encharcar e leve a assadeira ao forno em temperatura alta por uns 10 minutos. Abaixe a temperatura para 230 graus e deixe que assem e fiquem macias, de olho para não queimarem. Em menos de 30 minutos elas estarão prontas.
Rendem 3 porções.
Se houver sobras guarde num pote tampado na geladeira. Não congele. Para aquecer no micro uns 30 segundos é o suficiente.

Read Full Post »

salada-verao

Uma boa salada é tudo o que se precisa nesse verão, não é mesmo?
Conheço tantas pessoas que só comem ela no verão, são leves e refrescantes. As receitas são sempre muito preciosas e dar uma boa variada sempre é bom para ficar leve e bem nutrida.
Esta adorei, pois comi somente ela e fiquei super satisfeita até a hora de jantar.
E tem mais: faça essa receita para os seus amigos num almoço ou jantar. Sucesso garantido.
É bastante simples de preparar, só é preciso se organizar para ter todos os ingredientes a mão.

Ingredientes
1 xícara (chá) bem cheia de salsão e talos lavados e fatiados bem finos
1 maçã verde cortada com casca em cubos
2 colheres (sobremesa) de azeitonas verdes sem caroços e fatiadas
150 gramas de peito de peru cortado em cubos
1/2 xícara (chá) de uva-passas claras sem caroços
1/2 xícara (chá) de nozes picadas grosseiramente
Folhas de alface americana para acompanhar a salada

Para temperar
1 colher (chá) rasa de sal
1 colher (chá) rasa de pimenta síria
Caldo de um limão siciliano
3 colheres (sobremesa) de azeite extravirgem
3 colheres (sobremesa) de maionese light

Misture numa vasilha pequena o sal, a pimenta, o caldo do limão, e o azeite reserve.
Numa vasilha coloque todos os ingredientes já bem lavados misturando tudo muito bem.
Reserve as folhas de alface.
Coloque na vasilha os temperos que já foram misturados e envolva toda a salada nesse tempero.
Junte a maionese e misture bem novamente. Coloque numa travessa as folhas de alface e arrume a salada por cima das folhas deixando a travessa com um visual bem apetitoso.
Tampe e leve a geladeira. Sirva gelada. Se  houver sobras coloque num pote tampado e deixe na geladeira. Não congele.
Duração: 3 dias.
Rende: 4 porções.

 

Read Full Post »

penne

Foi a minha primeira vez de preparar e experimentar, essa delícia suave que é Penne ao molho limoni siciliano.
Está muito em moda usar e abusar do limão siciliano em vários preparos de pratos.
Confesso que fiquei bem surpresa com o sabor do molho, diferente e bem saboroso.
Para quem aprecia limão com certeza vai gostar muito.
Você pode cozinhar todo o pacote de penne, e congelar em porções individuais o que não for usar no momento. Ou cozinhe só o que for usar no preparo da sua receita. O penne é cozido ao dente.

Para o molho:
Raspas do limão só um pouco para salpicar
Suco de 1 limão
1 colher (chá) de óleo
1 colher (chá) de tempero pronto de alho e sal
1 colher (chá) de raspas do limão
2 colheres (chá) de açúcar cristal
1 iogurte de sabor mais suave natural desnatado light
2 xícaras (chá) de leite desnatado
2 colheres (sopa) rasas de amido de milho
2 colheres (sobremesa) de requeijão cremoso light
1 colher (sobremesa) de maionese light quando pronto
1 colher (sobremesa) de azeite para finalizar o molho
Queijo parmesão ralado a gosto para salpicar o molho no prato.

Numa panela coloque o óleo e o tempero pronto de alho e sal, de uma tostada sem deixar queimar.
Acrescente a medida da colher de chá das raspas de limão e o açúcar. Toste levemente para não queimar.
Dissolva o amido de milho no leite e junte na panela, misture até o ponto de um mingau mole.
Acrescente o iogurte e misture bem, incorporando ao mingau e deixe cozinhar por poucos minutos.
Junte o requeijão cremoso e volte ao fogo só para se desmanchar e misture.
Acrescente a maionese, misture muito bem, e o azeite,  misture, o molho já está pronto.

Coloque num prato fundo a porção do penne a ser servido, por cima o molho, salpique com as raspas de limão.
Leve o prato ao micro para aquecer por 40 segundos.
Polvilhe com o queijo parmesão ralado e sirva.

Rendimento do molho: 3 porções.
Não congele.

 

Read Full Post »

pupunha

Pupunha é um palmito ecológico, que vem sendo bastante consumido cada vez mais e tem tido uma ótima aceitação no mercado.
Até porque ele não é extraido de forma ilegal, não danificando a natureza.
Ótimo para saladas, cozidos, assados e tantos outros preparos, com poucas calorias.
É mais doce, amarelado e macio, bem consistente, não se desmancha ao preparo de receitas cozidas.
A sua cor amarelada indica alta concentração de caratenóides (substâncias ricas em oxidantes e vitamina A.
Possui fibra alimentar, proteina e minerais como ferro, zinco, cobre, manganês, magnésio, cálcio, fósforo e potássio.
Ganhei a pupunha de presente, ele veio crú e eu fiz as duas preparações que ficaram muito boas. Ou seja adorei o resultado até porque ele não é calórico e nunca tinha preparado esse palmito pupunha. Uma parte fiz uma salada e a outra parte um refogado.

Para a salada
Lave bem o pupunha a quantidade que preferir usar.
Corte em rodelas grossas, coloque numa panela com água filtrada e uma colher (chá) de sal misture bem e leve ao fogo até que fique bem cozido e macio.
Escorra coloque-os numa vasilha e reserve.
Numa vasilha pequena coloque 3 colheres (sopa) de vinagre branco
1/2 colher (chá) rasa de tempero pronto de alho e sal
2 colheres (sobremesa) de azeite extra virgem misture bem.
Orégano a gosto para polvilhar
1 colher (sobremesa) de maionese light

Coloque esse tempero que foi misturado na vasilha, onde se encontram as rodelas de palmito misturando tudo muito bem.
Polvilhe com orégano a gosto, e por último junte a maionese misturando muito bem tudo.
Sirva bem gelado com qualquer tipo de alimento.
Não congele.
Rende 2 porções fartas.

pupunha2

Para o refogado
Tomates cerejas a gosto cortados ao meio
1/2 colher (chá) rasa de tempero pronto de alho e sal
1 colher (chá) de óleo
1 cebola pequena corta em fatias finas
Salsa e cebolinha picadas a gosto
Palmito pupunha cortado em cubos, na quantidade que preferir
Água o suficiente para cozinhar

Numa panela coloque o óleo, tempero, cebola, e os tomates cerejas.
Tampe a panela e deixe dar uma leve refogada nos temperos, em seguida acrescente os palmitos e a água, deixe em fogo alto até levantar a fervura.
Abaixe o fogo e deixe cozinhar até que fiquem bem cozidos e macio, se necessário vá pondo mais um pouquinho de água.
Quando estiver quase pronto coloque a salsa e cebolinha, misture tudo e pode servir com qualquer tipo de alimento.
Não congele.
Rende 2 porções.

 

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: