Feeds:
Posts
Comentários

Archive for abril \19\UTC 2015

amendoim

Essa receita estava bem esquecida no meu caderno antigo e a folhear achei uma boa, estou repassando para vocês.
Muito fácil poucos ingredientes, mas é preciso ter paciência por ser bem demorada no seu preparo.
Não use fogo alto em nenhum momento pois fica tudo preto e a receita não será a mesma na cor e sabor.
Faça quando estiver a fim e capriche para que fique perfeita, e não abuse é calórica sendo uma boa sugestão para quando receber visitas.

500 gramas de amendoim cru com casca
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
2 xícaras (chá) de açúcar cristal
1 xícara (chá) de água
1 colher (chá) de baunilha
1 colher (sopa) de fermento em pó

Coloque todos os ingredientes numa panela misture bem leve ao fogo baixo, sempre misturando até que todos os amendoins fiquem totalmente secos na cor marrom e desgrudem do fundo da panela.
Coloque-os dentro de uma assadeira para que sequem fora do fogo ou forno.
Conserve-os dentro de um pote de vidro rosqueado.

Read Full Post »

micro

 

Você sabe o que vem a ser bisfenol? Já ouviu falar?
O nome até pode parecer estranho, mas esta composição proibida em alguns países, não é o caso no Brasil infelizmente.
Aqui o bisfenol que é um componente que se usa nos potinhos plásticos aqueles usados para esquentar comida no micro. Pois é, ao fazermos isso estamos liberando o bisfenol, que ao ser ingerido pode alterar o hormônio da tireoide, contribuir para o aumento de peso.
Estudos indicam que os malefícios vão além e podem causar câncer de mama e próstata. Esta substância pode ser cancerígena, causar problemas hormonais e cardíacos. Ao entrar em contato com o organismo, o bisfenol pode afetar o sistema endócrino, aumentar ou diminuir a ação de hormônios naturalmente produzidos pelo corpo, gerando infertilidade, modificações de órgãos  sexuais internos, endometriose e câncer. Fetos e crianças são atingidos mais gravemente pelo bisfenol pelo fato de estarem em desenvolvimento”, explica a Dra. Andreza Giosa dos Santos, nutricionista da AGSaúde.


Dicas que fazem toda a diferença

  • Trocar os recipientes de plástico por recipientes de vidro, ou porcelana ou aço inoxidável.
  • Nunca aquecer alimentos em recipiente de plástico no micro.
  • Não utilizar copos de plástico para ingestão de bebida alcoólica.
  • Respeitar a validade de produtos embalados, incluindo água, refrigerante, loção e sabonete liquido.
  • Para bebês procurar produtos e utensílios livres de bisfenol.

Muito além dos plásticos, o bisfenol marca presença também em latas de sardinha, ervilha, entre outros.
“O bisfenol é utilizado na fabricação de policarbonato, um tipo de resina usada na produção da maioria dos plásticos e também na resina epóxi, utilizada na fabricação de revestimento interno das latas que acondicionam alimentos para evitar ferrugem e prevenir a contaminação externa”, afirma.

Fique ligado
Sabe aquele velho hábito de esquentar comida no pote de plástico dentro do micro? A partir de agora é preciso rever seus conceitos, pois ao fazer isso pode aumentar o poder nocivo do bisfenol. “O bisfenol é liberado em maiores quantidades quando o plástico é aquecido. Ele se desprende do utensílio e contamina os alimentos”, diz Andreza.
Vários são os problemas de saúde que a composição pode causar como aumento de peso, disfunção da glândula da tireoide e outras disfunções e desequilíbrios endócrinos, pode causar danos neurológicos, câncer de mama, crescimento da próstata, anomalias no sistema reprodutor e no comportamento sexual, pode afetar o coração, provocar aborto, prematuridade, restrição ao crescimento intrauterino, pré-eclâmpsia.
Algumas pesquisas já sugerem que o bisfenol tem um potencial câncerigeno, podendo causar câncer de próstata e de mama, destaca.
Diferente de alguns países como Canadá, Dinamarca e Costa Rica, por aqui o bisfenol A só tem restrição na produção das mamadeiras. “No Brasil mamadeiras com bisfenol A estão proibidas de serem comercializadas. Para as demais aplicações, o bisfenol A ainda é permitido, mas a legislação estabelece limite máximo de migração específica desta substância para o alimento, definida a partir de estudos toxicológicos”, fala Andreza.
A melhor maneira de evitar a ingestão do bisfenol é seguir alguns cuidados, praticar algumas mudanças na rotina diária no quesito conservação consumo dos alimentos.
“Usar mamadeiras e utensílios de vidro ou bisfenol free para bebês, não esquentar e nem levar ao freezer alimentos e bebidas  condicionadas no plástico, evitar o consumo de alimentos e bebidas enlatadas, evitar pratos, copos e outros utensílios de plástico, descartar utensílios de plásticos lascados ou arranhados, e verificar se as embalagens plásticas que está utilizando têm bisfenol ou não (evitar as que têm número de reciclagem 3 e 7)”, finaliza.

Fonte: Dra. Andreza Giosa dos Santos, nutricionista da AGSaúde


Minha dica

  • Sempre retire o alimento do isopor que é maléfico para a saúde.
  • Jamais faça qualquer alimento em latas.
  • Essa nova moda fazer pudim na lata é um veneno.
  • Panelas precisam ter boa qualidade para o uso e não causar problemas de saúde, jogue fora panelas riscadas.
  • Não use sacos plásticos para cozinhar alimentos, assar no forno convencional ou no micro.

 

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: