Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \29\UTC 2011

Comecei a me interessar pela culinária leve pesquisando pratos para meu marido, safenado.
Para criar receitas e adaptar outras tantas para que ficassem pobres em gordura, fiz da minha cozinha um laboratório de testes e, aos poucos, adquiri uma vasta experiência em alimentação saudável.
Prova disso é que, mesmo usando pouco sal, pouco óleo e pouco açúcar, consegui elaborar pratos extremamente agradáveis ao paladar.
A satisfação de ver meu marido – hoje com 82 anos – ainda se deliciar com os pratos criados especialmente para ele que me motivou a compartilhar essa experiência com outras pessoas.

Foi assim que surgiu a idéia de lançar meu primeiro livro, em 1999, pela editora Mandarim/Siciliano. A orientação de especialistas foi imprescindível para que Dieta Suave para Safenados e Para que você não seja + 1 cumprisse sua missão.
O incentivo e o carinho recebidos de leitores, amigos e familiares aguçaram meu prazer de continuar criando novos pratos, cada vez mais leves e saborosos.

ooo

Meu segundo livro, Dieta Suave + Receitas para a Saúde e o Coração, é composto de uma alimentação bastante variada, que inclui fibras, proteínas, carboidratos, vitaminas e tudo o que é necessário ao organismo humano saudável.
São 126 receitas simples e rápidas, que podem ser executadas no microondas, no fogão ou no forno.
Ao todo são 226 páginas, divididas em temas diversos, como cuidados ao manusear os alimentos, área de preparo, utensílios e padrões de medidas.

Desta vez, além da colaboração dos cardiologistas Dr. Alexandre Olyntho de Almeida e Dr. Ricardo Salvatori, contei com a orientação de dois outros especialistas renomados: o endocrinologista Dr. Wallace Gubeissi de Kallas e a nutricionista Mônica Izumi Ota.

.

Caso haja interesse, entre em contato pelos emails:
dieta0suave@bol.com.br

.

.

Read Full Post »

São poucas pessoas que conhecem esse bolo, faz parte da minha infância.

A calda criei agora, se você não conhece, faça que é muito bom.

Só vale usar uva preta, que podem ser colocadas a gosto. A massa costumo chamar bolo branco básico.

Vamos a ela. E também é uma receita editada no livro DIETA SUAVE.

750 gramas de uva preta, lavada e debulhada

1 1/2 xícara de água filtrada

1/4 xícara de óleo canola

2 ovos inteiros

1 colher (chá) de baunilha

1 xícara (chá) de açúcar

2 xícaras (chá) de farinha de trigo

1 colher (sopa) de fermento em pó

1 forma de buraco no meio untada com óleo e enfarinhada

Para a calda

1 1/2 xícara (chá) de água filtrada

1/4 xícara (chá) de suco de uva concentrado + 4 colheres (sopa)

1 colher (sopa) de açúcar

2 colheres (sobremesa) de amido de milho já dissolvida com o mínimo de água

Num prato fundo coloque as uvas e um pouco de farinha de trigo, misture bem e reserve. Em outra vasilha, coloque a farinha e o fermento em pó.  O  restante dos ingredientes bata  no liquidificador, coloque o que foi batido  na vasilha da farinha com o fermento e as uvas embebidas na farinha, sempre misturando até que incorpore. Despeje a massa na forma, separe uns 25 gomos da uva para preparar a calda.

Leve a forma ao forno convencional temperatura média até que o palito saia seco. Só desenforme já frio. Se preferir faça o bolo na assadeira ou no micro-ondas.

Para preparar a calda: no liquidificador coloque os 25 gomos da uva reservada com a água, liquidifique e coe numa peneira despreze o que foi coado. Transfira para uma panela junte o açúcar e o amido de milho o suco de uva concentrado, cozinhe em fogo baixo sempre misturando até que engrosse e borbulhe. Com o fogo desligado acrescente 4 colheres do suco concentrado de uva e misture.

Com o bolo já desenformado, decore com a calda. Incremente jogando em cada fatia a calda
A uva preta só é encontrada no começo de fevereiro e por pouco tempo.
Nas feiras livres se encontra fácil.

Pode ser congelado.

Rende 12 fatias, 234 calorias por fatia (sem a calda).

.

Read Full Post »

Quem não deseja viver plenamente em uma cidade limpa, organizada, com lixo coletado corretamente com o meio ambiente? E a população cuidando da forma mais natural a sua cidadania, tendo alegria de viver?
Para chegar nesse patamar temos que mudar, não jogar lixo na rua, manter limpeza em todos os níveis, e o principal: educação.
É evidente que o governo também tem que fazer a sua parte.
Veja você, as dez cidades consideradas as mais limpas do mundo é de morrer de inveja! E de um bom governo também tenho!

1 Calgary, Canadá
2 Honolulu, Havai
3 Ottawa, Canadá
4 Helsinque, Finlândia
5 Wellington, Nova Zelandia
6 Mineapolis, EUA
7 Adelaide, Austrália
8 Copenhague, Dinamarca
9 Kobe, Japão
10 Oslo, Noruega

O Brasil… em que categoria se encaixa?
Você decide.

.

Fonte: Pensando Verde, por Ciça Martinez
 
.

Read Full Post »

Na vida atribulada que vivemos precisamos pensar em preparar tudo rápido, como as mulheres trabalham muito. Ai fica mais complicado. Por isso é bom uma receita bem fácil não? Faz parte do livro DIETA SUAVE.
Esta receita é uma receita quase completa e com arroz branco, como complemento.
Então vamos a receita:

2 peitos de frango sem osso, sem pele, bem lavados e cortados em cubos
2 colheres (sopa) de shoyu
2 colheres (sopa) de ketchup
1 colher (chá) de óleo canola
1/2 colher (chá) de tempero pronto de alho e sal
1/2 pimentão verde cortado em quadrados
1/2 pimentão vermelho cortado em quadrados
1/2 pimentão amarelo cortado em quadrados
1 cebola picada em quadrados ou normal
1/2 xícara (chá) de água
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de cogumelos frescos

Num refratário, misture bem os cubos de frango, shoyu, ketchup, óleo e tempero de alho e sal. Tampe e leve à geladeira por 20 minutos.
Junte os  pimentões e a cebola ao frango, mexa bem e leve ao micro por 4 minutos e 30 segundos na potência alta. Retire, dissolva a farinha na água e junte ao frango mexendo bem. Acrescente os cogumelos e misture novamente.
Leve ao micro por mais 4 minutos e 30 segundos sem tampar.
Pode ser congelado e para descongelar, leve ao micro por 5 minutos.
Sempre tome cuidado ao fazer uso do micro-ondas usando luvas protetoras, e com o choque térmico, por isso repito, coloque sempre um prato por baixo do refratário para poder segurar. E um protetor para ser colocado o refratário para que não estoure.
Se preferir prepare no fogão convencional.
Rende 4 porções fartas, 192 calorias por porção.

DICA: Substitua o frango por peixe badejo; fica ótimo.

Read Full Post »

Edifícios Martinelli e Santander (antigo Banespa) – foto e montagem: Marcia Lea

.

Os paulistas tem mais um anversário para comemorar.
São 457 anos, a cidade que tem tudo, recebe todos de braços abertos, por ter mais oportunidades de trabalho e por ser uma cidade que nunca pára, sempre em progresso o que é ótimo, mas temos um triansito caótico, o transporte coletivo deixa a desejar, o aumento sempre vem, pagamos mas não temos qualidade.
SOCORRO PREFEITURA, olhe para esse povo que merece ter melhores condições de transporte em todos os sentidos.
Por outro ângulo tem quem adora São Paulo e outros que querem morar aqui para ter mais qualidade de vida. Aproveite o dia para passear conhecer a cidade, descansar ou ir até o bairro do Bixiga e comer uma fatia de bolo que as senhoras preparam com tanto carinho, e a cada ano aumenta o tamanho. Tanto trabalho para o bolo sumir em segundos. A prefeitura fará festividades para comemorar.
Ainda é preciso melhorar muito nossa capital, que precisa de tanto e o povo ídem, pagamos impostos e temos o direito de poder usufruir melhor a cidade. Precisamos de parques e muita área verde, não? Existem muitas atrações para conhecer, vale a pena bancar turista e conhecer a cidade onde nascemos e moramos. Vamos relembrar a história do começo da cidade.

Em 25 de janeiro de 1554, os padres Manuel da Nóbrega e José de Anchieta fundaram o Colégio dos Jesuitas, com a intenção de estabelecer um colégio para a educação dos indíginas da região.
Pátio do Colégio, no centro da cidade, é considerado o marco zero da fundação de São Paulo.
A cidade recebeu esse nome pois no dia 25 de janeiro a igreja católica celebra a conversão do Apóstolo Paulo, tornando-se São Paulo e assim, dando o seu nome à cidade.
Fica registrado aqui os meus aplausos a cidade de SÃO PAULO.

Fonte: Smartkids.com.br

.

Read Full Post »

Me perguntam muito sobre alimentos aqui já postados, aproveito para dar umas dicas bem úteis para tirar algumas dúvidas:

  • Para fazer creme de abacate, use abacate comum.

  • Para fazer suco de laranja bem prático e com sumo: descasque 2 laranjas peras, corte em quatro partes, retire os caroços, coloque no liquidificador e junte 1/2 xícara (chá) de água filtrada. Bata no liquidificador (não é preciso adoçar). Tome de imediato para não perder as vitaminas.

  • Toda comida que for congelada deverá ser preparada no momento de congelar, jamais congelar no marmitex misturado e sim em um recipiente com divisão.

  • Arroz, feijão e carne para ser congelados devem ser preparado e logo congelar etiquetado, em um recipiente com divisão. Para ser descongelado transfira para um prato, tampe e leve ao micro por 5 minutos. Se o feijão ficar seco, acrescente um pouco de água. Depois aqueça por 2 minutos na potência alta.

  • No preparo do curau, use espigas frescas e não congeladas, o sabor não será o mesmo.

  • Para preparar grão de bico como feijão faça o mesmo processo, existem várias maneiras de preparar o grão de bico como salada, refogado ou humus.

  • Não costumo preparar receitas com leite de coco, por ser gorduroso.

  • Crianças pequenas de 2 ou mais de 3 anos não é bom fazer uso do shoyu, o melhor é consultar um pediatra.

  • Para criar seus filhos com saúde é faze-los comer de tudo, procure as orientações já dadas no blog. Crianças que adoram legumes e verduras, é ótimo, mas tudo com moderação sem exageros.

  • Quando preparar chá, use um saquinho para cada xícara e depois jogue-o fora.

  • Se preferir preparar bolinhos de chuchu com arroz, utilise um pouco de arroz já pronto e faça igual a receita que está postada no post bolinhos de chuchu.

  • Torta de banana pode ser congelada, mas o sabor mudará um pouco, é diferente do bolo.

  • Criança pode comer pepino mas sempre com moderação.

  • Carnes devem ser lavadas, inclusive frango e peixe, nada deve ser preparado sem lavar.

  • O portador de marcapasso não deve usar o micro-ondas, nem chegar perto quando o mesmo estiver funcionando. Isso parece que hoje é passado, o melhor é perguntar ao médico se é verdade ou mito para não errar.

  • Não cozinhe nenhum alimento em sacos plásticos: são tóxicos.

  • A banana amassada com aveia é uma sobremesa e não mingau.

.

Read Full Post »

Chuchu tem alto teor de fibras, de fácil digestão, considerado um fruto, poucas calorias que é ótimo para quem quer fazer dietas. Possui potássio, vitaminas A e C. e nunca deve ser consumido cru.
Apesar de ser tão comum, adoro chuchu, feito de qualquer maneira.
Algumas pessoas não sabem como preparar, portanto vou dar duas receitas de como prepará-las:

.

Chuchu refogado

2 chuchus lavados descascados, sem sementes e fatiados
1 colher (chá) de tempero de alho e sal
1 colher (chá) de óleo canola
1 cebola média picada
Salsa e cebolinha picada a vontade.

Numa panela, coloque o óleo, o tempero de alho e sal e a cebola, tampe a panela deixe em fogo alto até tostar, sempre misturando acrescente as fatias de chuchu abaixe o fogo, tampe a panela e deixe cozinhar no vapor, sem acrescentar água, misture algumas vezes.
Após o cozimento, desligue o fogo, salpique a salsa e a cebolinha, retire da panela sirva com arroz e feijão, ou qualquer tipo de grãos, carne, peixe ou  frango. Ele combina com qualquer tipo de alimento, por esse motivo é tão apreciado.

.

Salada de chuchu

2 chuchus bem lavados
1 colher (sobremesa) de azeite extra virgem
1 colher (chá) de sal
1 colher (chá) de vinagre de maçã
1 cebola pequena picadinha
Salsa e cebolinha picadinhas a gosto
1 colher (café) de orégano
2 colheres (sopa) de água
Água para cozinhar

Na panela de pressão coloque os chuchus com casca cozinhe por 10 minutos, o ponto é ao dente, não pode ficar duro, acrescente a água até cobrir os chuchus, comece em fogo alto, quando começar apitar diminua o fogo, e conte o tempo, ao esfriar a panela espete um garfo, se sair fácil esse é o ponto.
Espere esfriar descasque, retire as sementes escolha o que preferir, picado, fatiado ou cortado em cubos.
Numa vasilha coloque os chuchus já prontos junte a salsa e cebolinha, e a cebola. Noutra vasilha vá pondo óleo, sal, vinagre, orégano, e as 2 colheres de água filtrada, misture bem e junte com os chuchus, de uma boa misturada, transfira para um pote tampado e leve para a geladeira.
Servir gelado como entrada, essas duas receitas não devem ser congeladas.

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: