Feeds:
Posts
Comentários

Archive for novembro \17\UTC 2012

Mais um grande motivo para comer brócolis: você sabia que ele possui mais cálcio que o leite?
Além de ser rico em cálcio, é uma boa fonte de vitaminas A e C.
Na sua composição apresenta ácido fólico, selênio e potássio. Vegetal de folhas e talos comestíveis.
É bastante utilizado na culinária no preparo de refogado, sopas, saladas, suflês e preparado como bolinhos. Prefira ao comprar os que estejam bem verdes.
Uma boa pedida para as crianças comerem bolinho de brócolis, não? E aos intolerantes a lactose que podem comer sem problemas.

1 maço de brócolis bem lavados aproveite tudo e reserve
1 tomate bem lavado e picado
1 cebola grande bem lavada e picada
1 ovo inteiro
1 colher (chá) de tempero pronto de alho e sal
1/2 xícara (chá) de leite de soja ou água filtrada
1 colher (chá) de fermento em pó
4 colheres (sopa) de farinha de trigo
4 colheres (sopa) de óleo de canola

Num refratário fundo coloque todo o maço de brócolis, acrescente 1/2 xícara chá de água tampe e leve ao micro por 6 minutos, sempre tomando todos os cuidados já ensinados para não se queimar, e não quebrar o refratário com choque térmico.
Se preferir use o fogão convencional. Não esquecer que os brócolis não devem perder a cor verde.
Coe e pique todo o maço de brócolis e, transfira para uma vasilha funda e acrescente todos os ingredientes sempre misturando muito bem.
Vá moldando os bolinhos com ajuda de duas colheres de sobremesa, e coloque-os numa assadeira untada com um fio de óleo.
Se estiverem muito moles acrescente mais um pouco de farinha, se faltar liga coloque mais um pouco do leite de soja o água.
Leve a assadeira no forno médio até que dourem, vire-os do outro lado com cuidado para não quebrar e dourar por igual.
Sirva com qualquer tipo de alimento, se sobrar pode ser congelado.
Abraços!

Read Full Post »

Para o meu marido, esse é o pudim preferido. É sinples e muito fácil de preparar.
Quero lembrar que todas as receitas postadas no meu blog são saudáveis para quem tem problemas cardiácos e para quem não quer ter problemas futuros.
Leite de soja deve ser usado sem colesterol e sem lactose. Prefira sempre o mais magro.
O achocolatado orgânico também deve ser livre de lactose e pouca gordura.
Espero que apreciem a receita de pudim que é bem leve.

500 ml de leite de soja
4 colheres (sopa) rasas de achocolatado em pó orgânico
3 colheres (sobremesa) cheias de amido de milho
1 colher (sobremesa) de baunilha

Bata os ingredientes no liquidificador.
Coloque o líquido batido numa panela leve ao fogo baixo sempre mexendo, até que engrosse e borbulhe.
Distribua em potes com tampa e guarde na geladeira. Sua durabilidade é de 5 dias na geladeira.
Sirva gelado.
Rendimento: 5 potes

Read Full Post »

Estou postando receitas doces por serem mais complicadas de elaborar e preparar.
Comida salgada pode ser consumida, desde que retire do preparo o leite comum ou desnatado, queijos e manteiga cujos ingredientes que complicam a vida dos portadores da doença de intolerância a lactose.
Ao comprar alimentos, fique sempre de olho nos rótulos. Se houver algum destes ingredientes escritos, farão um bom estrago ao portador da doença.
Até o pão deve ficar livre de qualquer ingrediente que contenha lactose e manteiga.
Eu tomo muito cuidado ao comprar qualquer produto, sempre leio bem os rótulos e datas para que depois o meu marido não passe mal.
Uso do damasco por ter um sabor bem peculiar. Possui alto valor nutritivo, é rico em proteinas, fibras, betacaroteno, ferro, cobre, fósforo e cálcio. Também possui vitaminas A, C, B1, B2 e niacina. É pouco calórico, desde que seja consumido sem exageros.
Mesmo com tantos benefícios é pouco usado na culinária aqui no Brasil.
Castanha do Pará é saudável e tem um sabor delicioso. Indicado para consumir pelo menos 3 todos os dias, não mais para não engordar.

Pudim de pão com damasco

9 fatias de pão de forma light branco ou integral, com casca ou sem
500ml de leite de soja
1 ovo inteiro
1/2 xícara (chá) de açúcar cristal
1 colher (chá) de baunilha
Canela em pó para polvilhar a gosto
5 damascos secos lavados, picados e reserve
4 castanhas do pará, raspadas e reserve

Para a calda

1/3 xícara (chá) de açúcar cristal
1/3 xícara (chá) de água filtrada
1 refratário fundo para pudim e um prato branco de porcelana liso por baixo dele

Bata no liquidificador todos os ingredientes do pudim, reserve os damascos e a castanha.
Leve o refratário no micro com o açúcar e a água sem tampar por 6 minutos em potência alta. Preste atenção para não queimar, dependendo do dia e hora, o micro fica mais potente.
É para ficar com a cor de caramelo, se os 6 minutos não for suficiente coloque mais 1 minuto até ficar no ponto.
Retire o refratário do micro sempre com luvas protetoras e coloque o refratário em cima de um protetor, para que não aconteça um choque térmico.
Despeje o pudim já batido por cima da calda e vá jogando os damascos picados por cima e as castanhas, salpique com canela em pó a gosto.
Sempre com as luvas protetoras leve o pudim ao micro sem tampar por 12 minutos, retire o pudim sempre tomando todos os cuidados já ensinados, deixe esfriar totalmente desgrude as laterais com a ponta de uma faca, tampe o refratário com um prato e leve a geladeira por 4 horas, desgrude novamente o pudim levantando a parte de baixo com a faca sem quebrar.
Vire-o num prato e coloque dentro de um pote com tampa.
Conserve na geladeira.
Espero que gostem da receita.
Abraços!

Read Full Post »

%d blogueiros gostam disto: