Feeds:
Posts
Comentários

Salada verão

salada-verao

Uma boa salada é tudo o que se precisa nesse verão, não é mesmo?
Conheço tantas pessoas que só comem ela no verão, são leves e refrescantes. As receitas são sempre muito preciosas e dar uma boa variada sempre é bom para ficar leve e bem nutrida.
Esta adorei, pois comi somente ela e fiquei super satisfeita até a hora de jantar.
E tem mais: faça essa receita para os seus amigos num almoço ou jantar. Sucesso garantido.
É bastante simples de preparar, só é preciso se organizar para ter todos os ingredientes a mão.

Ingredientes
1 xícara (chá) bem cheia de salsão e talos lavados e fatiados bem finos
1 maçã verde cortada com casca em cubos
2 colheres (sobremesa) de azeitonas verdes sem caroços e fatiadas
150 gramas de peito de peru cortado em cubos
1/2 xícara (chá) de uva-passas claras sem caroços
1/2 xícara (chá) de nozes picadas grosseiramente
Folhas de alface americana para acompanhar a salada

Para temperar
1 colher (chá) rasa de sal
1 colher (chá) rasa de pimenta síria
Caldo de um limão siciliano
3 colheres (sobremesa) de azeite extravirgem
3 colheres (sobremesa) de maionese light

Misture numa vasilha pequena o sal, a pimenta, o caldo do limão, e o azeite reserve.
Numa vasilha coloque todos os ingredientes já bem lavados misturando tudo muito bem.
Reserve as folhas de alface.
Coloque na vasilha os temperos que já foram misturados e envolva toda a salada nesse tempero.
Junte a maionese e misture bem novamente. Coloque numa travessa as folhas de alface e arrume a salada por cima das folhas deixando a travessa com um visual bem apetitoso.
Tampe e leve a geladeira. Sirva gelada. Se  houver sobras coloque num pote tampado e deixe na geladeira. Não congele.
Duração: 3 dias.
Rende: 4 porções.

 

2017

hanukkah-chanukah-christmas-december-dilemma

Que neste Natal e Chanukah, seja de muita harmonia e alegria para todo o Planeta.

penne

Foi a minha primeira vez de preparar e experimentar, essa delícia suave que é Penne ao molho limoni siciliano.
Está muito em moda usar e abusar do limão siciliano em vários preparos de pratos.
Confesso que fiquei bem surpresa com o sabor do molho, diferente e bem saboroso.
Para quem aprecia limão com certeza vai gostar muito.
Você pode cozinhar todo o pacote de penne, e congelar em porções individuais o que não for usar no momento. Ou cozinhe só o que for usar no preparo da sua receita. O penne é cozido ao dente.

Para o molho:
Raspas do limão só um pouco para salpicar
Suco de 1 limão
1 colher (chá) de óleo
1 colher (chá) de tempero pronto de alho e sal
1 colher (chá) de raspas do limão
2 colheres (chá) de açúcar cristal
1 iogurte de sabor mais suave natural desnatado light
2 xícaras (chá) de leite desnatado
2 colheres (sopa) rasas de amido de milho
2 colheres (sobremesa) de requeijão cremoso light
1 colher (sobremesa) de maionese light quando pronto
1 colher (sobremesa) de azeite para finalizar o molho
Queijo parmesão ralado a gosto para salpicar o molho no prato.

Numa panela coloque o óleo e o tempero pronto de alho e sal, de uma tostada sem deixar queimar.
Acrescente a medida da colher de chá das raspas de limão e o açúcar. Toste levemente para não queimar.
Dissolva o amido de milho no leite e junte na panela, misture até o ponto de um mingau mole.
Acrescente o iogurte e misture bem, incorporando ao mingau e deixe cozinhar por poucos minutos.
Junte o requeijão cremoso e volte ao fogo só para se desmanchar e misture.
Acrescente a maionese, misture muito bem, e o azeite,  misture, o molho já está pronto.

Coloque num prato fundo a porção do penne a ser servido, por cima o molho, salpique com as raspas de limão.
Leve o prato ao micro para aquecer por 40 segundos.
Polvilhe com o queijo parmesão ralado e sirva.

Rendimento do molho: 3 porções.
Não congele.

 

hiper

Aprenda a controlar a sua pressão, mude os seus hábitos para ter a pressão normal.
Sua saúde agradece e muito. Muitas pessoas nem desconfiam que são hipertensas, nunca mediram a pressão sanguínea e não procuram um médico especializado para ver como anda a sua.
Ela atinge quase 25% da população, segundo dados do Vigitel Vigilância, fatores de risco para infarto e acidente vascular cerebral (AVC), de acordo com a Sociedade Brasileira de Hipertensão.

  • O QUE É HIPERTENSÃO
    A  pressão arterial é a força exercida pelo sangue bombeado pelo coração nas paredes das artérias. Quando os vasos se contraem, a pressão se eleva, fazendo o sangue exercer uma força maior. A pressão alta causa lesões na camada interna dos vasos, que podem se tornar endurecidos e estreitos – e com o tempo pode entupir e romper.
    A pressão arterial é medida pela máxima, quando o coração se contrai (sistólica), e a mínima, quando se dilata (diastólica). Sua medida ideal é igual ou menor que 120 mmHg por 80 mmHs (12 por 8). Em aferições iguais ou superiores a ( 14 por 9), há o diagnóstico de Hipertensão.
  • O QUE CAUSA A HIPERTENSÃO
    Os principais fatores de risco são idade, hereditariedade, obesidade, sedentarismo, tabagismo e consumo excessivo de sal e álcool, segundo a Sociedade Brasileira de Hipertensão.
  • QUAIS SÃO OS SINTOMAS
    A condição de ser hipertenso não costuma causar sintomas. Em casos graves o paciente pode sentir dores na nuca, cabeça e no peito, falta de ar, inchaço, tonturas, alterações visuais e sangramento nasal.
    É preciso fazer a aferição regularmente: uma ou duas vezes ao ano para quem está com os índices normais e a cada três meses para quem está no limite (14 por 9).
  • QUAIS SÃO OS PROBLEMAS RELACIONADOS A HIPERTENSÃO
    Ela pode acarretar derrame insuficiência cardíaca, infarto e insuficiência renal.
  • QUANDO SE DEVE COMEÇAR A MEDIR A PRESSÃO
    A Sociedade Brasileira de Cardiologia indica medições a partir de três anos de idade para crianças com histórico de problemas de pressão. Na ausência de sintomas ou fatores de risco, como obesidade, a medição passa a ser feita a partir dos 18 anos, uma vez ao ano. A idade crítica para o surgimento da enfermidade é a partir de 45 anos.
  • COMO PREVENIR
    Os melhores métodos são alimentação adequada e a prática de exercícios físicos pelo menos 150 minutos por semana. É recomendado seguir uma dieta pobre em gordura animal, como carne vermelha e leite integral, e rica em legumes , verduras, frutas, além de reduzir o sal, diz o cardiologista Luiz Bortolotto, diretor da Unidade Clinica de Hipertensão do Instituto do Coração, o InCor.
  • QUAIS SÃO OS TRATAMENTOS
    Uma alimentação saudável, exercícios físicos, e perda de peso. Se a pressão está acima de (16 por 10) ou o paciente apresentar complicações, como diabetes ou colesterol alto, pode-se introduzir medicamentos com acompanhamento de um profissional, segundo o doutor Bortolotto.

Fonte: Vida ao máximo. Saúde para viver os momentos de vida.

Estadão.

 

Pupunha, você conhece?

pupunha

Pupunha é um palmito ecológico, que vem sendo bastante consumido cada vez mais e tem tido uma ótima aceitação no mercado.
Até porque ele não é extraido de forma ilegal, não danificando a natureza.
Ótimo para saladas, cozidos, assados e tantos outros preparos, com poucas calorias.
É mais doce, amarelado e macio, bem consistente, não se desmancha ao preparo de receitas cozidas.
A sua cor amarelada indica alta concentração de caratenóides (substâncias ricas em oxidantes e vitamina A.
Possui fibra alimentar, proteina e minerais como ferro, zinco, cobre, manganês, magnésio, cálcio, fósforo e potássio.
Ganhei a pupunha de presente, ele veio crú e eu fiz as duas preparações que ficaram muito boas. Ou seja adorei o resultado até porque ele não é calórico e nunca tinha preparado esse palmito pupunha. Uma parte fiz uma salada e a outra parte um refogado.

Para a salada
Lave bem o pupunha a quantidade que preferir usar.
Corte em rodelas grossas, coloque numa panela com água filtrada e uma colher (chá) de sal misture bem e leve ao fogo até que fique bem cozido e macio.
Escorra coloque-os numa vasilha e reserve.
Numa vasilha pequena coloque 3 colheres (sopa) de vinagre branco
1/2 colher (chá) rasa de tempero pronto de alho e sal
2 colheres (sobremesa) de azeite extra virgem misture bem.
Orégano a gosto para polvilhar
1 colher (sobremesa) de maionese light

Coloque esse tempero que foi misturado na vasilha, onde se encontram as rodelas de palmito misturando tudo muito bem.
Polvilhe com orégano a gosto, e por último junte a maionese misturando muito bem tudo.
Sirva bem gelado com qualquer tipo de alimento.
Não congele.
Rende 2 porções fartas.

pupunha2

Para o refogado
Tomates cerejas a gosto cortados ao meio
1/2 colher (chá) rasa de tempero pronto de alho e sal
1 colher (chá) de óleo
1 cebola pequena corta em fatias finas
Salsa e cebolinha picadas a gosto
Palmito pupunha cortado em cubos, na quantidade que preferir
Água o suficiente para cozinhar

Numa panela coloque o óleo, tempero, cebola, e os tomates cerejas.
Tampe a panela e deixe dar uma leve refogada nos temperos, em seguida acrescente os palmitos e a água, deixe em fogo alto até levantar a fervura.
Abaixe o fogo e deixe cozinhar até que fiquem bem cozidos e macio, se necessário vá pondo mais um pouquinho de água.
Quando estiver quase pronto coloque a salsa e cebolinha, misture tudo e pode servir com qualquer tipo de alimento.
Não congele.
Rende 2 porções.

 

Enrolado de maçã

enrolado-mac%cc%a7a

Criei essa nova receita enrolado de maçã, baseada na massa básica do meu livro Dieta Suave Para Safenados e Para Que Você Não Seja + 1.
Ficou super macia e fácil de ser trabalhada. Adorei o resultado.
Fica excelente para ser servida como sobremesa aquecida, com sorvete de creme. Leve ao micro uma fatia de tamanho médio por 20 segundos.
Enfeite com nozes moídas e sirva em seguida.

Massa:
1 ovo batido
1/4 xícara (chá) de óleo
1/2 colher (chá) de sal
1 colher (chá) baunilha
1 colher (chá) de fermento em pó
2 colheres (sopa) de açúcar cristal
1/2 xícara (chá) de água quente é o que dará a maciez da massa
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
Açúcar e canela para polvilhar a massa reserve

Recheio:
2 maçãs bem vermelhas lavadas e picadas com a casca sem  as sementes.
1/2 xícara (chá) de uva-passa escura sem  sementes
60 gramas de nozes picadas
1 colher (chá) de canela em pó
3 colheres (sopa) rasas de açúcar cristal
3/4 (xícara) de água filtrada
1/2 (xícara) água filtrada dissolvida com 1 colher (sopa) de amido de milho reserve

Massa: Numa vasilha vá colocando ingrediente por ingrediente na ordem em que se encontra sempre misturando.
Numa superfície polvilhada com farinha de trigo, trabalhe a massa até que se desgrude das mãos, só polvilhando a massa para que fique bem macia.
Coloque a bola de massa dentro de um saco plástico e leve a geladeira por 30 minutos.

Recheio: Numa panela coloque todos os ingredientes menos a água com o amido de milho.
Misture tudo e leve a panela tampada em fogo alto até dar uma fervura.
Abaixe o fogo e deixe cozinhar em fogo baixo até ficar ao dente, ou seja não cozido demais.
Junte na panela a água dissolvida com amido de milho ainda em fogo baixo e vá misturando até que o cozido incorpore.
Despeje o recheio num prato fundo tampe e leve a geladeira por 30 minutos.

Divida a massa em duas partes iguais e abra com o rolo de massa cada parte por igual, não muito fina para não estourar.
O recheio também deverá ser dividido em duas partes iguais.
Espalhe o recheio em cada massa por igual espalhando por todo o comprimento.
Divida as nozes em duas partes e salpique por cima do recheio na massa.
Dobre as duas pontas e enrole com cuidado. Faça o mesmo com a outra metade.
Unte uma assadeira com um fio de óleo e coloque os dois enrolados compridos um ao lado do outro dando um espaço.
Por cima pincele com um pouco de água e salpique o açúcar cristal e canela em pó misturados.
A massa é ótima para trabalhar e não quebra. Fica bem crocante.
Leve ao forno convencional em temperatura média até que doure. Não deixe assar demais ou queimar.

Minha dica: esse recheio é muito gostoso, mas pode ser feito com bananas cozidas, só que cozinham rápido demais tome cuidado. Elas deverão ficar al dente.
Peras também darão um ótimo resultado. Corte em fatias na diagonal ainda meio quente.
O rendimento é ótimo, então faça num jantar ou almoço para os seus convidados que será um sucesso.
Não congele. Se sobrar, guarde num pote tampado na geladeira.
Rende 2 enrolados de bom tamanho.

%d blogueiros gostam disto: